Olhar

Padrões corporais derivados da chegada do Hip Hop ao Brasil e os resultados individuais alcançados depois de anos de negociações, conflitos e interações diversas. Vanilton Lakka frequentemente lança mão do material acima para composição em Dança, dialogando com a Dança Contemporânea, trazendo como resultado trabalhos que pressionam os limites das fronteiras entre Hip Hop e Dança Contemporânea, resultando em uma textura singular que adquire simultaneamente um aspecto de familiaridade e estranhamento para indivíduos de ambos universos.

 

Essa singularidade, especificamente é discutida no vídeo «Olhar» produzido em 2014 em parceria com Programa Itaú Cultural Rumos Legado. É um vídeo etnográfico, que expõe a configuração corporal de Lakka a indivíduos nativos dos universos do Hip Hop e da Dança Contemporânea. Suas reações e ideias, gravadas em vídeo, são o ponto central deste trabalho.

To Look

Corporeal standards derivative from the arrival of Hip Hop to Brazil and the individual results after years of negotiations, conflicts and diversified interactions.

Vanilton Lakka has frequently used the above material in dance composition, which dialogue with contemporary dance, bringing as a result, dance compositions that stresses the frontiers between Hip Hop and Contemporary Dance, resulting on a singular texture, which acquires simultaneously an aspect of familiarity and estrangement for individuals from both universes.

 

This singular texture, specifically is discussed in the video “Look”, produced in 2014 and sponsored by the Programa Itaú Cultural Rumos Legado. It is an ethnographic film that exposes Lakka corporeal configuration to native individuals from Hip Hop and Contemporary Dance universes. Their reactions and thoughts, recorded on video, are the main core of this composition.